Brasil 6 economia do mundo: uma história

Você sabia que o Brasil já foi a sexta economia do mundo? Clique aqui para conhecer mais sobre o assunto e as principais potências econômicas atuais!

Desde 2019, o Brasil não está entre as 10 maiores economias do mundo. O país já esteve em 6ª posição no ranking mundial da economia, sendo considerado uma das maiores do mundo. Comparativos entre as maiores economias mundiais desde 1994, indicam que o Brasil esteve em seu pior momento econômico em 2003, ao ocupar a 14ª posição do ranking.

Conheça um pouco melhor sobre a vez que a economia do Brasil, além de ficar por dentro de como está o cenário atual e quais são os países com maiores atividades econômicas nos dias atuais. Vem com a gente!

brasil 6 economia do mundo

2011: ano do Brasil 6 economia do mundo

Em 2011, o Brasil passou da 7ª para a 6ª posição no ranking mundial da economia. Depois de ultrapassar o Reino Unido, o país esteve entre as maiores economias do mundo.

No ano anterior, em 2010, quando alcançou a 7ª colocação no ranking, o PIB brasileiro havia crescido 7,5%. Já em 2011, o crescimento foi de 2,7%.

Em 2012, não muito tempo depois, com um crescimento de 0,9%, o Brasil voltou a ficar atrás do Reino Unido. Em 2016, a economia brasileira foi ultrapassada pela Índia e pela Itália no ranking mundial, ocupando a 9ª posição do ranking.

Economia brasileira atual: entenda o contexto

De 2019 para 2021, o Brasil passou da 9ª para a 13ª posição do ranking mundial da economia. Embora o país esteja demonstrando bons resultados em diversos setores em um cenário pós-pandêmico, a economia brasileira ainda deixa a desejar em relação aos demais países.

A economia brasileira está abaixo da média mundial, a qual é representada por uma taxa de crescimento de 5,5%. O Brasil, entretanto, encerrou 2021 com um crescimento de 4,6%.

Nos dias atuais, a economia do Brasil ocupa a 13ª posição do ranking mundial, após perder a sua colocação para a Austrália.

Agostini, o economista-chefe da Austin Rating, acredita que o país não vai perder a sua posição em 2022, visto que a Espanha, a qual ocupa a 14ª posição do ranking mundial da economia, está bem distante do Brasil. Porém, ele afirma que nós vamos nos afastar muito da Austrália, o que vai fazer com que o Brasil tenha muito mais dificuldade em voltar para as dez maiores economias mundiais.

A recuperação econômica brasileira vai ser longa – alguns sites indicam que apenas em 2030 o país vai conseguir retornar à 8ª posição do ranking. Além disso, algumas previsões assumem que o Brasil vai voltar a cair para a 9ª posição cinco anos depois, em 2035.

Maiores economias mundiais em 2021

Os Estados Unidos seguem liderando o ranking da economia global e permanece sendo a maior potência do mundo. Em 2021, o país apresentou um PIB de 22,8 trilhões de dólares.

A China ocupa o segundo lugar do ranking, com um PIB de 17,5 trilhões de dólares também em 2021. A terceira potência econômica mundial é o Japão, com um PIB de 4,9 trilhões de dólares.

A seguir, confira o ranking com as 15 maiores economias do mundo de 2021:

  1. Estados Unidos
  2. China
  3. Japão
  4. Alemanha
  5. Reino Unido
  6. Índia
  7. França
  8. Itália
  9. Canadá
  10. Coreia do Sul
  11. Rússia
  12. Austrália
  13. Brasil
  14. Espanha
  15. México

O Brasil encerrou 2021 com 8,7 trilhões de dólares. Já a Espanha finalizou o ano com um pouco mais de 1 milhão e 200 mil euros, com um crescimento maior de 7% quando comparado a 2020. México teve o PIB anual de um pouco mais de 1 milhão de euros.

Recent posts

Menu

Pages